Desativando

profile27

 

Tem hora que nossas prioridades mudam, que as responsabilidades e obrigatoriedades pesam e enxergamos que é chegada a hora de pausar algo.

Sempre falei aqui e para quem me conhece que amo fazer esse meu cantinho. Amo contar para vocês o que gosto, compartilhar o que uso, dar dicas, como posso, do que adoro e tudo mais, porém estou aqui hoje para dizer aos que ainda visitam aqui e/ou de alguma forma me acompanham, que estou parando. Não porque não goste mais, e sim porque bastante coisa mudou e meu tempo disponível é quase zero. Então não posso me dedicar da maneira como queria e prefiro parar do que fazer algo “mal feito” ou “pelas coxas”.

Conheci pessoas muito legais nesse pouco mais de um ano que fiquei aqui. Muitas que tenho nas minhas redes sociais e sei que permanecerão lá mesmo eu não estando ativa no Blog.

Não vou apagar os posts porque fiz com amor e quem sabe alguém que ainda não viu possa ver e se inspirar, reproduzir as receitas, testar os produtos e muito mais. A única coisa que vou excluir é a página do Facebook, mas meu instagram continuará, pois sempre usei meu pessoal e quem quiser pode clicar ali do ladinho e me acompanhar fora do Blog.

Pronto, vou parar se não eu choro, mas para todos que me visitaram, leram meus posts, comentaram, curtiram e me apoiaram com o mais simples gesto ou ação que seja, deixo o meu MUITO OBRIGADA!

Para quem fica, MUITO SUCESSO e para todo mundo, um SUPER BEIJO  ❤

Anúncios

Uma definição de amor

you

“Uma vez me falaram que amar é se jogar de um precipício sem saber se lá embaixo vai ter alguém para segurar a gente. Foi a melhor definição de amor que já ouvi. Eu, que escrevo tanto e leio tanta gente que fala dessas coisas que damos o nome de sentimento, nunca tinha escutado nada tão verdadeiro. Amar é isso mesmo. É se jogar e não saber. É se entregar sem ter certeza. Aos poucos, buscamos a certeza do amor. Porque o amor para ser amor precisa de certezas. A certeza do encontro, a certeza da continuidade, a certeza da presença, a certeza da verdade.” (Pedro Bial)

ME ENCONTRE TAMBÉM NO: Facebook e Instagram ❤️

Redes socias

Bom dia, gente! Hoje vou compartilhar minhas redes sociais além do Blog para que nós tenhamos sempre contato, já que ainda não está normalizada minha presença por aqui, certo?

+Instagram: gysellesumayra – Sempre apareço por lá e compartilho meu dia a dia e também coisas do Blog.

inst

+SnapChat: gysellesumayraSempre que posso estou atualizando meu Snap então não deixem de acompanhar, mas fica uma observação: eu não gosto da minha voz em gravações então é um pouco difícil sair vídeo comigo falando rsrs (estou trabalhando meu psicológico para melhorar isso).13521931_260083127685576_7831702723998353000_n

+ Página do Facebook: Belyces – Compartilho todo o novo conteúdo do Blog e também outras dicas, fotos, receitas, frases e mais.

fac

 

+YouTube: Blog Belyces – Esse é um projeto em andamento, mas quem já puder acompanhar eu agradecerei do fundo do coração, pois já será mais um incentivo.

Como falei ali em cima, eu não sou fã da minha voz em gravações, mas tentaria fazer o melhor e logo logo produzir um bom e novo conteúdo.

Youtube-icon

São essas então, pessoas. Conto com a colaboração de vocês e deixa um oi aqui nos comentários quem seguir/curtir que eu retribuirei todos.

Beijos e até a próxima ❤

Tecla lealdade

12049407_1091670047511671_2004337548354831987_n

“Amor nenhum se atualiza sozinho. O tempo passa, a gente muda, o amor modifica. E nessa evolução toda, a única tecla capaz de atualizar e permitir a duração do amor, é a tecla da lealdade. É ela que conta ao outro que estou mudando, que não gosto mais daquele apelido, ou que aquela mania de encostar os pés gelados em mim embaixo do cobertor ficou chata. É ela que diz que eu gosto tanto do seu cabelo jogado na testa, por que é que não deixa sempre assim? É ela que permite que coisas ruins ou não tão bonitas encontrem um refúgio, um lugar seguro onde possam descansar em paz. É ela que faz o amor se atualizar e durar…” (Fabíola Simões)

ME ENCONTRE TAMBÉM NO:  Facebook e Instagram ❤️

 

A vida muda num batimento cardíaco

13267747_1361957897153443_5746253728136630231_n

“Dar tudo de si para seguir os planos ao pé da letra é como ancorar a vida a um balão de festa. Parafraseando Caio Augusto Leite: hoje é sábado, talvez chova, talvez eu chore. Talvez você venha. Tudo é incerteza, tudo é talvez, tudo pode ser…

Fácil perceber o quão inconstante é cada passo que damos. Por mais que se planeje os caminhos, não dá para prever os buracos que irão aparecer na estrada. Para isso, os contornamos, desaceleramos e vamos mais atentos para os possíveis obstáculos.

A vida muda num batimento cardíaco. Tão frágil quanto a chama de uma vela em vendaval. Toda essa incerteza deveria nos fazer valorizar cada dia que ainda temos nossa luz, pois não se sabe quando o sopro virá mais forte e ficaremos na escuridão. Tudo muda em uma pulsação.

A vida é o vento que muda o rumo da maré. Deixa a alma incurável, pois não há jeito de se permanecer como está. A maior virtude é saber se doar para o imprevisto, aceitar que os dias no calendário vão ser riscados e o que vai vir pode não ser o que esperamos. E quando vir, teremos que engolir a parte mais triste e esperar por dias melhores.

Sonhamos em alcançar lugares e em seguida já não lembramos o porquê. Os sonhos se renovam e tomam novas proporções. Somos moldados diariamente e não poderia ser de outro jeito. O mundo cobra adaptações e cascas mais grossas.

A vida muda num batimento cardíaco,
nos bate,
e muda.” (Najara Gomes – Via A soma de todos os afetos)

Beijos, bom feriado e me acompanhem pelo Facebook e Instagram ❤

Finalizar Ciclos

11227509_862090133877078_4002572242508372381_n

“Acredito que na mesma vida temos a possibilidade de reencontros para finalização de alguns ciclos. Nem sempre os reencontros são com as mesmas pessoas. Podem ser vivências que voltam pra te ensinar num momento em que você está mais preparado para lidar com elas. Estar pronto pode levar algum tempo, mas você tem que aceitar essa nova chance (quem sabe camuflada de nova dor) para crescer.
Aquilo que foi muito duro pra você da primeira vez, que causou tanta dor que lhe fez negar pra sobreviver; aquilo que você fingiu que não aconteceu e seguiu parecendo forte; o relacionamento que te arrasou e de alguma forma lhe transformou ou criou uma blindagem; uma perda muito dura; uma traição muito grande; uma decepção sem limites; a amputação de uma parte (física ou não); a incapacidade de se entregar, de amar; a falta de coragem de se declarar; os afetos mal resolvidos; as relações incompletas; a ausência que você causou ou nunca conseguiu superar; o perdão negado.
De repente, num dia de sol, sem muito o que fazer ou pensar, a vida promove o reencontro com sua própria história (o caracol se abrindo) e lhe dá novas oportunidades de lidar com aquilo que lhe foi mais duro, difícil e caro.
Coincidências não existem. Encare isso como prova de fé, de reconciliação, até de justiça ou mesmo sorte. São providências (divinas) para fechar ciclos. Nem sempre com os mesmos atores coadjuvantes, mas certamente com você no papel principal.” (Fabíola Simões)

Beijos, tenham todos uma excelente fim de semana e me acompanhem também pelo Facebook e Instagram ❤